Tudo que você precisa saber sobre mercado cambial

No comércio exterior, as relações econômicas entre diferentes países são aprofundadas com as atividades de importação e exportação.  Quem trabalhar nessa área precisa ficar sempre muito atento ao câmbio, pois ele é necessário para realizar a conversão das moedas das relações comerciais.

A Linkmex listou os principais pontos que você deve entender sobre o câmbio para realizar suas operações de comércio exterior. 

O câmbio nas operações de comércio exterior

Ter conhecimento sobre o fechamento de câmbio das negociações internacionais – sejam elas de compra ou venda – é muito importante para quem trabalhar com comex. 

O câmbio permite o uso da moeda específica de cada país no comércio internacional. Uma operação de câmbio divide-se em 3 etapas:

  • contratação;
  • negociação;
  • liquidação.

CONTRATAÇÃO

A etapa de contratação ocorre quando a moeda internacional se converte para a moeda brasileira – ou o inverso. Esse processo é feito por uma instituição autorizada pelo Banco Central (BACEN). Nessa etapa, a moeda é mercadoria e o Banco Central é o comprador.

O fechamento de câmbio é o momento da contratação. Na exportação, esse fechamento pode ser feito até 180 dias antes do embarque. Existem diversos tipos de contrato de câmbio:

  • exportação (Tipo 1);
  • importação (Tipos 2 e 4);
  • transferências (Tipos 3 e 4);
  • operações de compra/venda entre agentes autorizados (Tipos 5 e 6);
  • alterações de contrato (Tipos 7 e 8);
  • cancelamentos (Tipos 9 e 10).

NEGOCIAÇÃO

Nessa fase, o profissional exportador mostra os documentos para o embarque das mercadorias, pois assim o Banco Central pode fazer a cobrança no exterior.

No caso de importação, o banco recebe a cobrança internacional, e o profissional de comércio exterior deve efetuar o pagamento.

LIQUIDAÇÃO

A liquidação é a última fase desses processos. Ela acontece quando se efetiva o envio da moeda estrangeira entre os bancos do exportador e do importador.

As modalidades de pagamento

O pagamento pode ser:

  • antecipado — o importador paga antes do embarque;
  • à vista — com cobrança por meio de documento;
  • a prazo — no dia do vencimento do saque, quando o importador efetua a liquidação.

O profissional de comércio exterior importador também pode usar a carta de crédito, que é um documento de garantia internacional emitido por instituição financeira a favor de um exportador.

Ficou com dúvidas sobre câmbio? Entre em contato com a nossa equipe de especialistas.  

Por Julia Onorato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *