Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/storage/f/1f/07/linkmex1/public_html/wp-content/plugins/revslider/includes/operations.class.php on line 2734

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/storage/f/1f/07/linkmex1/public_html/wp-content/plugins/revslider/includes/operations.class.php on line 2738

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/storage/f/1f/07/linkmex1/public_html/wp-content/plugins/revslider/includes/output.class.php on line 3679
Entenda como funciona o processo de importação - Linkmex

Entenda como funciona o processo de importação

Uma dúvida muito frequente entre gestores e empresários é: o que é preciso para expandir meus negócios? Se isso já passou pela sua cabeça, talvez você já tenha pensado em importar ou exportar produtos e matérias-primas. A importação é uma ótima alternativa para quem deseja ampliar o portfólio e ter algum diferencial para seus clientes. 

Entretanto, a operação de importação pode deixar muita gente com dúvidas. E é muito importante ressaltar que, quando feito incorretamente, a operação pode não trazer o resultado esperado e até prejuízos para o seu negócio.

Por isso, a Linkmex te explica passo a passo como esse processo funciona, tirando as principais dúvidas dos gestores sobre o assunto.

1. Pesquise, pesquise e pesquise!

Num primeiro momento, é preciso saber quais produtos podem ser importados e qual o tratamento administrativo para cada uma das operações. Essas informações podem ser consultadas no Portal SISCOMEX.

2. Tenha tudo que é preciso para poder importar

Sabendo qual produto pode ser o melhor para sua empresa, o próximo passo é garantir que você tenha o Registro e Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros (RADAR) para poder operar no SISCOMEX. A habilitação é emitida pela RFB (Receita Federal Brasileira) e é obrigatória para empresas que pretendem realizar operações de importação ou/e exportação no país.

Para evitar erros, é preciso saber qual o tipo de RADAR que mais se encaixa nas suas necessidades. Por isso, definir suas necessidades e estratégias pode ser um bom começo para não errar. Saiba mais sobre RADAR aqui.

3. Obtenha a licença de importação para os produtos

Para você importar determinados produtos, é preciso que sua empresa tenha uma Licença de Importação (LI). Este documento está sujeito a anuência de órgãos governamentais. Após o registro da solicitação de licenciamento no SISCOMEX, o pedido é analisado pelo respectivo órgão anuente que pode deferir ou não o pedido.

Para checar se seu produto precisa de licenciamento para ser importado, é só acessar o Simulador de Tratamento Administrativo de Importação. Em caso de dispensa, os importadores devem providenciar diretamente o registro da Declaração de Importação (DI).

4. Contrate frete e seguro

Com os riscos envolvidos nas operações de importação, contratar um seguro é superimportante! Com ele, você evita problemas como avarias ou sinistros. Não se esqueça, também, de contratar o frete, se esse serviço não estiver incluso na negociação com seus fornecedores.

5. Faça o desembaraço aduaneiro

Sua mercadoria chegando no Brasil, é preciso realizar o desembaraço aduaneiro — processo de liberação da mercadoria junto à Receita Federal. Nele, é feita a fiscalização física e documental, além do pagamento de tributos.

Como dito anteriormente, a importação é um assunto longo e cheio de detalhes, exigindo esforços de gerenciamento e planejamento. Portanto, pode ser muito interessante — lucrativo e prático — terceirizar esse processo. A Linkmex possui expertise em importação e exportação e pode oferecer uma assessoria completa em questões do comércio exterior evitando problemas e futuras dores de cabeça para sua empresa.

Quer saber mais sobre o processo de importação? Entre em contato com a nossa equipe comercial e eles tirarão todas as suas dúvidas. 

Por Julia Onorato

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *