Qual a importância do conhecimento de embarque?

A importação e a exportação de mercadorias têm atraído cada vez mais empreendedores. Portanto, tem se tornado cada vez mais importante conhecer todos os procedimentos e documentos inerentes aos processos de compra e venda internacional. Um deles é o conhecimento de embarque. 

Muito importante para a navegação e um dos mais importantes do comércio exterior, é um documento de responsabilidade do transportador que identifica o remetente, o destinatário, o tipo e a quantidade da mercadoria enviada e o local de embarque e desembarque, além dos dados de transporte e frete do veículo.

 

O que é o conhecimento de embarque?

O conhecimento de embarque é o instrumento do contrato de transporte firmado entre embarcador e transportador. Emitido pela empresa responsável pelo transporte, ele descreve diversos dados importantes pertinentes à operação.

Nele devem constar informações como o embarcador, o consignatário, os dados do navio ou avião transportador, os locais de embarque e desembarque da carga, a descrição da mercadoria (quantidade, peso, etc.), as formas de envio e pagamento e as responsabilidades pelo uso do contêiner. 

Além de definir os detalhes da operação de transporte entre diferentes países, também serve como comprovante de que a mercadoria foi recebida e define a obrigação de entrega no destino, como uma prova de posse da mercadoria, garantindo legalmente todo o processo de transporte. 

O conhecimento de embarque deve ser assinado pelo responsável pelo navio ou avião, ou algum preposto autorizado. E, ao fazê-lo, ele comprova que a mercadoria descrita foi recebida em boas condições de preservação e no local determinado e, se compromete a entregá-la no destino combinado, mediante pagamento do frete.

O correto registro do conhecimento de embarque é fundamental para um transporte tranquilo e sem intercorrências.

É muito importante lidar com todos esses arquivos com cuidado, pois a perda pode causar sérios danos, multas, entre outros problemas.

Sem este documento, o produto não será recebido após a entrega, podendo gerar cobranças de taxas adicionais. 

 

Tipos de conhecimento marítimo

O conhecimento de embarque marítimo ou, em inglês, Bill of Lading (B/L) funciona como um contrato de transporte e comprovante de recebimento da carga.

São três os principais tipos de conhecimento de embarque marítimo:

  • Porto a porto

Este é o documento mais comum porque é emitido para envios regulares. Este tipo de Bill of Lading (B/L) refere-se ao traslado da carga apenas no trajeto marítimo, desde o porto de embarque ao porto de destino.

  • Multimodal

Como o próprio nome indica, é utilizado para contratar operações multimodais, que cobrem o trajeto total. Neste caso, o documento cobrirá o transporte da mercadoria por diferentes modais, implicando numa responsabilidade maior do armador, que deverá, mediante o pagamento de um frete especial, transportar a mercadoria entre pontos ou portos pré-definidos.

  • Afretamento

É direcionado para contrato de afretamento de todo o navio. Geralmente se refere a uma carga que será única, ou uma das únicas cargas a bordo. Nesse caso, o navio é fretado por um ou poucos embarcadores. Este tipo de BL não é emitido para navios de linha regular e nem aceito pelos consignatários, uma vez que não há um afretamento, mas apenas uma reserva de espaço.

 

Tipos de conhecimento  aéreo

Existem três tipos de conhecimento de embarque aéreo. São eles:

  • AWB

O Air Waybill é um documento que abrange o frete de carga de aeroporto para aeroporto. Esse conhecimento de embarque é emitido pela companhia aérea ou agente responsável pelo transporte, nos casos em que as cargas não são consolidadas, cobrindo uma determinada mercadoria que é embarcada individualmente em uma aeronave.

  • MAWB

O Master Air Waybill é o documento emitido para a companhia aérea para cargas consolidadas. Ele representa o total de carga que foi recebida e/ou enviada pelo agente e entregue à companhia aérea para o embarque.

  • HAWB

O House Air Waybill é o conhecimento emitido pelo agente de cargas, direcionado a cada embarcador. Ele contém uma descrição detalhada de todas as cargas que estão sendo enviadas e consolidadas no MAWB. Ou seja, normalmente são emitidos vários HAWB para cada MAWB.

 

Como o conhecimento de embarque deve ser preenchido?

O conhecimento de embarque pode ser composto por diversas vias. Elas devem ser entregues ao embarcador que as encaminha ao banco para receber o valor acordado. O banco também deve enviar o documento ao importador para que este possa retirar a mercadoria.

Cada companhia pode ter o seu modelo de conhecimento de embarque, mas estes itens não podem faltar:

  • Porto de embarque;
  • Porto de destino;
  • Total de volumes;
  • Nome do exportador;
  • Nome do importador;
  • Nome da mercadoria;
  • Nome e endereço da companhia de transporte;
  • Nome do agente da transportadora que estará no porto de embarque;
  • Nome de quem deve ser informado da chegada da mercadoria ao seu destino;
  • Carimbo do local de estiva do item transportado;
  • Forma de pagamento do frete  (collect ou prepaid);
  • Volume cúbico e peso bruto.

É possível perceber que o conhecimento de embarque é um documento extremamente necessário em todas as operações de transporte de cargas, seja marítimo ou aéreo. Qualquer falha em sua emissão ou preenchimento pode gerar multas, atrasos na entrega ou, até mesmo, apreensão das mercadorias.

Assim, é importante contar com apoio especializado durante as operações, a fim de evitar erros que podem causar importantes prejuízos financeiros para o empreendimento. A Linkmex pode ajudá-lo com esse processo. Entre em contato conosco!

 

conhecimento de embarque

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *